PROPOSTA - PARTE 7 E 8 - DE ALLAN PERCY,DO LIVRO: OSCAR WILDE PARA OS INQUIETOS


7 – Não quero ir para o céu: nenhum dos meus amigos está lá.
É válido acreditar na existência de outra vida, na qual seremos compensados pelos sofrimentos terrenos, mas isso não deve servir de desculpa para perdermos a única vida que temos agora: esta.
Já no século VI, o pensador romano Boécio dizia que “um homem cujo único desejo fosse ir para o céu nunca entraria nele. Há um trabalho a fazer sobre a terra”.
Outras ideias desse autor clássico, que influenciou toda a Idade Média com sua obra A consolação pela filosofia, são:
• O cultivo da virtude leva à sabedoria; a sabedoria leva à bondade e esta, à felicidade.
• O amor não obedece a nenhuma lei, porque ele mesmo é uma lei.
• Nada é pobre ou miserável se não o encararmos assim.
• Deus está em cada pessoa, embora nos apresente muitas dúvidas: Se Ele existe, de onde vem o mal? Se não existe, de onde vem o bem?

8 – Os que são amados pelos deuses amadurecem sem envelhecer.
filósofo dinamarquês Søren Kierkegaard, que sem dúvida conhecia Oscar Wilde, refletiu, entre muitas outras coisas, sobre quais atitudes mantêm o espírito jovem e quais o desgastam.
Amadurecer sem envelhecer é uma questão de se voltar para o momento presente, deixando de lado perspectivas que nos limitam e nos fazem sofrer.
Kierkegaard expõe essa ideia a partir de uma lógica avassaladora:
• Quem só espera o melhor envelhece por causa das decepções que a vida lhe apresenta.
• Quem espera sempre o pior envelhece depressa por conta do sofrimento.
• Portanto, o segredo é não se entregar hoje a preocupações com o que ainda está por acontecer e dar atenção ao que se passa no momento. O aqui. O agora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário