NIETZSCH PARA ESTRESSADOS DE ALLAN PERCY - PARTE 14 E 15




14 – Não devemos ter mais inimigos que as pessoas dignas de ódio, mas tampouco devemos ter inimigos dignos de desprezo. É importante nos orgulharmos de nossos inimigos

Dizem que passamos metade da vida resolvendo problemas. Isso é perfeitamente humano. A questão é saber se eles merecem a atenção que lhes dedicamos.
Utilizando a linguagem cinematográfica, alguns problemas são grandes estreias, outros são filmes clássicos – que às vezes voltam a entrar em cartaz porque ainda não foram resolvidos – e, por fim, existem os filmes B, que são a maioria.
A arte de viver consiste em reservar nossas forças para os primeiros. Como nos advertiu Buda há dois milênios e meio:
“Quem não sabe julgar o que merece crédito e o que merece ser esquecido presta atenção ao que não tem importância e se esquece do essencial.”
Para saber de que tipo são nossos problemas – nossos principais inimigos –, o psicólogo californiano Richard Carlson recomenda que façamos a nós mesmos a seguinte pergunta: “Isso vai ter alguma importância daqui a um ano?”
Se a resposta for positiva, é preciso cuidar da questão imediatamente.
Se for negativa, é melhor deixar para lá.
15 – O sucesso sempre foi um grande mentiroso
Muitas pessoas bem-sucedidas costumam dizer que o êxito é um presente envenenado, já que coloca o privilegiado em posição de semideus, achando que estará sempre por cima. Quando a sorte deixa de sorrir para essa pessoa, de uma hora para outra seu mundo vira de cabeça para baixo.
Isso explica por que nas classes sociais mais altas acontecem tantas separações, tantos investimentos arriscados e problemas com entorpecentes – o ego é a droga mais pesada. O fracasso, por sua vez, sempre nos deixa ensinamentos que nos ajudam a melhorar. Vejamos alguns deles:
• Favorece a humildade e nos ajuda a manter os pés no chão.
• Estimula nossa imaginação e nos leva a explorar novas alternativas.
• Faz de nós pessoas mais reflexivas, evitando decisões precipitadas.
• É um convite para recomeçar, compreendendo melhor o mundo à nossa volta.
• Coloca nossa fortaleza à prova e é um aprendizado essencial para aqueles que se  dispõem a alcançar algo.
• Abre novas oportunidades que podem levar ao verdadeiro sucesso, que não conheceríamos se tudo tivesse dado certo de primeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário