NIETZSCH PARA ESTRESSADOS DE ALLAN PERCY - PARTE 38 E 39


38 – Há mais sabedoria no seu corpo do que na sua filosofia mais profunda

Dicionário de linguagem não verbal – O que significam nossos gestos?
• Acariciar o queixo: reflexão antes de uma decisão.
• Cruzar os braços: atitude defensiva.
• Inclinar a cabeça para a frente: interesse pelo que se ouve.
• Entrelaçar os dedos: autoridade, espera por reações.
• Esfregar o olho: dúvida, incredulidade.
• Mexer no cabelo: insegurança, desejo de seduzir.
• Comprimir os lábios: desconfiança, desagrado.
• Levar a mão à bochecha: avaliação, reflexão.
• Levar as mãos aos quadris: disposição para fazer ou dizer algo importante.
• Esfregar as mãos: antecipar algo que está por acontecer.
• Tamborilar: impaciência, pressa.
• Olhar para o chão: não acreditar totalmente no que está sendo dito.
• Abrir as mãos com as palmas voltadas para cima: sinceridade, inocência.
• Cruzar as pernas, deixando um dos pés em movimento: chateação ou impaciência.
• Sentar-se na beira da cadeira: vontade de ir embora.
• Sentar-se com as pernas abertas: atitude relaxada.
• Unir os calcanhares: medo, apreensão.

39 – Se ficar olhando muito tempo para o abismo, o abismo olhará para você
O universo é um espelho que nos devolve nossos pensamentos. Os budistas explicam: quando olhamos o mundo, deixamos nele a nossa marca. Por isso, as pessoas negativas estão sempre sofrendo contratempos e as positivas parecem ter muita sorte.
Esse princípio é a base de O segredo, de Rhonda Byrne, que fala da lei da atração. Veja como isso é explicado por Lisa Nichols, em um dos testemunhos registrados no livro:
A lei da atração está em todos os lugares. Ela atrai tudo para você: as pessoas, o trabalho, as circunstâncias, a saúde, a riqueza, as dívidas, a felicidade, o carro que dirige, o lugar onde mora. Atrai tudo como se você fosse um ímã. Você atrai o que pensa. Sua vida é uma manifestação dos pensamentos que passam pela sua mente. Sendo assim, como controlar a lei da atração para conseguir o que desejamos? Segundo os depoimentos do livro citado, é preciso realizar quatro coisas:
1. Saber o que se quer e pedir ao Universo.
2. Concentrar-se nos desejos com entusiasmo e gratidão.
3. Sentir e se comportar como se o desejo já tivesse sido realizado.
4. Estar aberto a recebê-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário