NIETZSCH PARA ESTRESSADOS DE ALLAN PERCY - PARTE 50 E 51



50 – Estava só e não fazia outra coisa além de encontrar-se consigo mesmo. Então, aproveitou sua solidão e pensou em coisas muito boas por várias horas

Nos núcleos urbanos, encontramos cada vez mais solteiros e gente que se sente só. Para evitar que a solidão seja notada, essas pessoas deixam a televisão ligada o dia todo, ficam horas e horas navegando na internet ou se entregam a qualquer outra atividade que dissimule o silêncio.
No entanto, também existe uma solidão criativa, que aproxima o indivíduo de uma grande fonte de energia positiva. Quando nos desligamos do mundo por algumas horas, nos conectamos ao nosso manancial de sabedoria interior. É uma peregrinação em direção a nós mesmos, que assusta os que nunca a praticaram. Acostumados ao ruído do mundo, que confunde tudo, muitos têm medo de estar consigo mesmos. Para evitar esse encontro íntimo, buscam qualquer maneira de se “distrair”. Mas queremos nos distrair do quê? Deveríamos temer alguma coisa? Talvez se trate unicamente de não pensar, de evitar perguntas que precisamos fazer a nós mesmos. As transformações nos assustam. E a solidão é, justamente, a pista de decolagem das grandes mudanças, o palco onde nos equipamos para renascer em uma nova viagem vital.
51 – A potência intelectual de um homem se mede pelo humor que ele é capaz de manifestar

Nietzsche falou várias vezes sobre a importância do humor, que considerava uma tábua de salvação para os desgostos que a vida nos oferece:“O homem sofre tão terrivelmente no mundo que se viu obrigado a inventar o riso.”
Ele chegava até a duvidar de qualquer afirmação apresentada com excessiva seriedade: “Deveríamos tachar de falsa toda verdade que não tenha sido acompanhada de um sorriso.”
Vejamos os benefícios terapêuticos do humor constatados pela medicina:
• Atua como analgésico.
• Melhora a circulação e regula a pressão arterial.
• É um exercício aeróbico: cinco minutos de risadas equivalem a 45 minutos de exercícios leves.
• Massageia os órgãos internos.
• Reforça as defesas e previne doenças.
• Alivia o estresse e a fadiga.
• Libera endorfina, o hormônio da felicidade.
• Promove o alívio muscular e o bem-estar.
• Ajuda a relativizar os problemas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário