CRÔNICAS PRODUZIDAS ALUNOS DO 9º.1,2 E 3 DAS OFICINAS DA OLÍMPÍADA DE LÍNGUA PORTUGUESA, DA PROFª. JULIANA CARLINI

Desde o início do ano letivo, os alunos vêm participando das oficinas da Olimpíada de Língua Portuguesa. Através das oficinas, os nonos anos estão conhecendo o gênero crônica e aperfeiçoando sua escrita. Uma das propostas foi a escolha de um tema pela turma para a produção e divulgação dos textos. Os temas escolhidos foram: “internet chega na sala de aula da EEBLB”, “o consumo de álcool por adolescentes” e a “baixa temperatura para a época do ano em Taió e região”. Após produções individuais, leram seus textos em sala. Alguns foram escolhidos e aqui estão eles:


Um show de responsabilidade
 Por Fernanda Müller, 9º ano 1
Nem tudo o que queremos é o que realmente precisamos. Começo com esta frase com o intuito de fazer com que as pessoas percebam as verdadeiras necessidades nas nossas vidas.
Finalmente chegou a tão esperada internet em sala de aula, mas o objetivo foi mesmo alcançado? Alunos perdem a atenção por conta de não estarem focando no necessário.  A vida dos mesmos se tornou escrava de um pequeno aparelho que possui inúmeras funções.
É tão bom não precisar mais se preocupar com o mundo... É maravilhoso viver sozinho, num lugar onde você troca às conversas cara a cara pelas virtuais. Não digo que internet seja um monstro que engole cada um de nós pouco a pouco – o que muitas vezes de fato acontece –, mas que onde o professor sai da sala e deixa os seus alunos na total liberdade de fazer o que bem entendem, incluindo a “diversão” na internet, com certeza necessita de mais atenção.
Ninguém vira morador de rua por falta de internet na escola, mas viram moradores de rua por falta de atenção em sala de aula. As pessoas preocupam-se demais em chegar ao nível da rainha Elizabeth e esquecem que o “necessário” é estar no nível de um aluno.
Felizmente, a maioria das coisas tende a crescer e não diminuir. Que comece pela responsabilidade.                 
A revolução digital na sala de aula
Por Giovana Carolina Raitz, 9º ano 1
Diante de um mundo globalizado e das tecnologias avançadas, nem todos tem acesso à internet. Em alguns lugares ainda é visível à carência dessa ferramenta tão importante para o auxílio escolar. Fala-se muito em educação de qualidade, porém, pouco é feito para que isso mude.
Desde pequena estudo na mesma escola, por isso posso relatar que conheço o ambiente muito bem. Hoje estou frequentando o nono ano e posso dizer que pela primeira vez a internet chegou à sala de aula. Demorou bastante. Precisou-se de escolhas para que esse projeto chegasse aqui. Uma dessas escolhas foi à eleição para diretor.
Visto que nossa escola estava com a mesma diretoria já a mais de dez anos, as coisas estavam meio paradas. Como costumam dizer: “depois de um tempo as pessoas se acomodam e demoram em buscar soluções que às vezes são muito simples”. 
Houve as eleições, elegendo assim, um novo diretor. A princípio as pessoas ficaram desconfiadas porque ele veio de outra cidade, um professor pouco conhecido, mas revelou-se uma surpresa. Em apenas um bimestre ele fez coisas que outro levaria o dobro, ou o triplo do tempo  para fazer. 
Afinal, a internet na sala de aula, é um dos projetos já concluídos pelo novo diretor. Se foi tão difícil de conquistar? Acho que não! Pois em tão pouco tempo solucionou  esse e mais alguns problemas pendentes.


Álcool não escolhe idade
Por Ana Paula Vetter, 9º ano 2   
Em um país cheio de leis e proibições, ainda é possível encontrar pessoas que as quebram, até mesmo jovens. Falando neles, uma coisa cada vez mais frequente em nossa região é o consumo de álcool por menores. 
Além de o álcool ser prejudicial ao crescimento e a memória, também pode levar a dependência. Causador também de sérios problemas na saúde (principalmente relacionadas ao fígado) e é o vilão em grande parte dos acidentes de trânsito.
Conviver com esses jovens não deve ser fácil, portanto, se tentarem te influenciar, lembre-se: o álcool não escolhe idade, mas você escolhe quem quer ao seu lado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário